Quem são vocês?

Cada casamento que somos convidados, ficamos muito honrados.  Estarmos presentes é uma alegria e algumas vezes, tem o acontecimento surpresa. Este foi bem legal e surpreendente. 

Não foi simples para formarmos este par, para falar a verdade foi bem complicado, diante das exigências de cada um. Para ela foi a segunda tentativa e para ele a décima primeira. Fizemos a apresentação, eles namoraram um bom tempo e um belo dia nos trouxeram o convite de casamento. Ficamos muito empolgados com a visita, eles vieram de longa distância e decidimos que faríamos todo o possível para participar deste acontecimento e comemoração da união de duas pessoas. O casamento.
Escolhi uma roupa discreta, até para não chamar a atenção na festa. Nós não conhecíamos nenhum dos convidados da festa, que era somente para familiares. Estávamos em uma mesa, quando chegou uma mulher com um vestido maravilhoso em tom coral e perguntou: Quem são vocês? Ficamos em situação bem delicada porque como mantemos o sigilo, mesmo na festa de casamento. No susto respondi : Sou a Roseli e este e o meu marido André, ela ficou com cara de paisagem e para desfazer aquela situação eu fiz a pergunta seguinte: E você é parente da noiva ou do noivo e...maravilhoso o seu vestido! Ela respondeu qual o grau de parentesco com o noivo e saiu de perto sendo chamada por alguém. Ufa ainda bem!! Pois não sabíamos o que responder.

                cadeiras

 A cerimônia foi uma delícia, bem organizada, música de bom gosto, gente bonita e alto astral. Na chegada dos noivos quanta emoção! O salão enfeitado cheio de flores e quando a porta se abriu o noivo e a noiva se dirigiram à nós com os olhos brilhando seguidos pelos fotógrafos e cinegrafista dizendo: Agora vamos registrar com" os culpados". Venham, juntem se a nós, vamos fazer pose para foto, próximo do bolo com uma taça de champanhe na mão para um brinde! Fotografamos juntos, todos nós ali reunidos, os noivos, a família de cada um com ares de satisfação. Ele em tom de brincadeira e afeição nos denominou durante toda a festa como culpados. A festa estava muito boa e animada, os pés já doíam horas depois de várias danças no salão. O dia já havia começado quando saímos dessa maravilhosa festa.

André e Roseli

Tempos depois, uma tarde fria estávamos em uma grande loja de departamentos, próximo ao dia das mães, quando de repente ele surgiu detrás de uma seção de roupas masculinas, trazia nos braços um robusto bebê de cílios bem longos, vinham pai e filho em nossa direção caminhando com um largo sorriso no rosto e passos firmes. Era fruto desta união!