Opostos que se Atraem

Primeiro ele conheceu o site e enviou um e-mail. Um homem bem intencionado, pontual, tímido e recentemente transferido para outra cidade e melhorando assim sua vida profissional. Considerando que chegou o momento para encontrar a companheira ele nos procurou e trouxe consigo a dúvidas sobre o assunto: Opostos se atraem?
Estamos acostumados a ouvir esta frase pois muitas pessoas acreditam que os opostos em questão são os opostos no comportamento, nos valores, nas atitudes e no modo de vida, etc. Pensamos que os únicos opostos que verdadeiramente se atraem e que podem dar mais certo simplesmente são: Um homem e uma mulher, que são complementares em sua essência, mas para uma união positiva é necessário que esses opostos sejam compatíveis em diversos detalhes. Algumas pessoas cometem um erro, acreditando no poder desta frase, escolhendo um par completamente diferente de si para dividir uma vida. No entanto se parassem para pensar perceberiam que este caminho justamente é o mais difícil, as discordâncias entre duas pessoas que buscam dividir a vida em comum acabam sendo obstáculos ao bom relacionamento, principalmente diferenças de religião, objetivo de vida, nível educacional e cultural, classe social, visão do mundo, hábitos e estilo. Exemplificando: o homem que gosta da noite e de sair constantemente, ir às festas, bares, boates, enfim que goste da vida noturna, que se sente bem no meio de pessoas e do burburinho causado por tantas conversas, dificilmente terá um relacionamento saudável com uma mulher caseira, que goste de assistir novelas, filmes, que tem como diversão ficar na própria casa, receber amigos, dormir cedo, que não goste de agito noturno, enfim um estilo de vida diferente. O relacionamento assim torna se difícil com o passar do tempo e acaba acontecendo o conflito diário. O que acarretará uma possível dificuldade no futuro, entretanto, apesar das discordâncias. Não é por acaso que escolhemos uma determinada pessoa para nos apaixonar, na realidade é projetado no outro as expectativas de uma imagem idealizada, enquanto crescemos vamos criando em nós o mapa amoroso e este mapa é desenvolvido com informações externas. O que seria melhor para se apaixonar? Cada um tem o seu mapa, e acreditar que os opostos em tudo é que dá certo, vai passar muito tempo sofrendo e tentando se adaptar ao outro e o outro à você. Ninguém muda o outro, a mudança verdadeira só ocorre quando são internas e é a própria pessoa que primeiro deve enxergar a necessidade de auto reforma, para depois proceder à transformação, lenta e complexa. Quando um casal resolve se unir será necessário, como em todo casal, tomar as decisões em conjunto e são duas pessoas completamente opostas é aí é que a coisa complica, é muito mais difícil chegar a um consenso quando os pensamentos são tão díspares. Muita energia perdida. Imagine uma democracia com dois votos, são três os resultados possíveis: 2 a favor e 0 contra, ou dois contra zero a favor, ou ainda um a favor e um contra, ter comum acordo não é uma tarefa fácil para o casal. É saudável ter ponto de vista diferente, as vezes discordar, mas com sabedoria, fazer uma contraposição ao outro de forma positiva traz crescimento a ambos, só que sempre ir contra o outro é temerário. Tem pessoas que confundem ter personalidade com discordar sempre, contrariar sempre, sem pensar e acha que isso é ter personalidade, ou talvez demonstração de poder. Concordar sempre é tolice, discordar sempre é tolice em dose dupla. É preciso ter um ponto de equilíbrio, sem esse ponto ambos se confundem ao ver que mesmo o cônjuge, que aparentemente lidera por não conseguir serenidade despreza as idéias do outro. Fica aquele clima de competição entre os dois quando na verdade são do mesmo time e o melhor é ajudarem um ao outro e não serem rivais. Acreditamos também que aconteçam diferenças que não são consideradas como opostos e sim complemento, tempero. A objetividade do homem e à subjetividade da mulher, a emotividade dela em contrapartida a racionalidade dele, a firmeza masculina temperada com delicadeza feminina, detalhes importante no crescimento tanto individual quanto de um relacionamento e uma vida a dois, trazendo harmonia tanto ao homem quanto à mulher.
Voltando ao pretendente que trouxe esta dúvida: Hoje ele namora uma moça com muitas afinidades e já marcaram o casamento.