Amar vale a pena!

Acreditamos verdadeiramente no amor e que muitas pessoas estejam sinceramente interessadas em buscar o amor. É comum ouvir sobre o "ficar", o envolver-se sem sentimentos, as paixões de 24 horas, ou no máximo 24 dias, onde você finge que está com alguém, mas no fundo está só. Ligações perigosas onde além dos riscos falta um elo com a intimidade, o gostar de verdade e curtir bons momentos a dois.
Como dizem algumas mulheres "nenhum homem presta", mas os homens não são um bando de patifes, eles também a exemplo das mulheres, estão em busca de relacionamento sério, estável, seguro, recheado de amor verdadeiro. Hoje o homem tem maior liberdade para falar sobre o sentimento, frustrações, ou desilusões amorosas (Quem não as teve?).
Existem também os imaturos que às vezes no desejo de causar inveja mostrando o seu poder, correm o risco de se desgastarem em relacionamentos vazios, simplesmente físicos, criando um cinismo que se não for mudado se transformará em solidão e amargura, estes ainda precisam entender que a receita de amor feliz não está somente no bolso de uma mulher bonita, é preciso saber que uma mulher para ser maravilhosa não precisa ter as medidas de uma "miss", ela precisa ser uma grande companheira, atraente, carinhosa, precisa ter a magia de fazer o homem se sentir único no universo, um ser especial.
A mulher quando busca o amor quer romantismo, respeito, carinho, compreensão, um telefonema "de preferência todos os dias", para falar da música, ou do tempo, do filme ou o fantástico "Eu gosto de você"... Porque a mulher nasceu assim ganhando bonecas para abraçar, aprendendo o sentido do afeto desde os primeiros dias de vida, depois brincou de casinha, fez comidinhas e destas "brincadeiras" brotou a vontade e a necessidade de ter um companheiro para formar um lar.
Enquanto isso o homem nasceu e ganhou a bola para chutar, arco e flecha, pipa e pião, brincadeiras de corre-corre, teve a camiseta suada (quando não rasgadas em jogos de futebol), pés sujos e joelho ralado aprendeu a caçar (instintivamente o homem é um caçador) em vários sentidos da sua vida.
Agora os dois cresceram, amadureceram e querem construir uma história de amor...
Então um deve procurar entender as diferenças no outro, não adianta esperar que o outro venha pronto com todos os adicionais que você queria, duas pessoas começam um relacionamento aprendendo, aceitando as diferenças, conversando e esclarecendo as dúvidas e aparando as arestas, crescendo com o outro cada um na sua luz, pois como disse Gibran K.Gibran "Enchei a taça um do outro, mas não bebais na mesma taça; Cantai e dançai juntos e sede alegres, mas deixai cada um e vós estar sozinho.Assim como as cordas da lira são separadas, no entanto vibram na mesma harmonia"
O amor é feito de energia e esta maravilhosa energia flui quando sinceramente desejamos o bem do outro. O amor é feito daquela mágica sensação que temos quando acreditamos que somos especiais, únicos e insubstituíveis.
André Carvalho e Roseli S. Carvalho.